segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Aula #006 - Desenho - Prof. Fabio

segunda-feira, 20 de outubro de 2008
Exercitando o olhar: Divisões proporcionais.
Agora que já faz um mês, acredito, que você está treinando traçado, é hora de começar a exercitar o olhar.
Material: papel sulfite, lápis grafite HB.
Postura e empunhadura do lápis: a mesma, ainda.
Não há necessidade de margens... apenas as fiz para que ficasse mais didático. Imagine as margens pretas do meu caderno como as extremidades de sua folha sulfite. Divida a parte superior da folha ao meio, a olho, sem medir , dobrar ou usar qualquer artifício. Se alguém lhe oferecesse meio chocolate e na hora de dividir a barra lhe desse a parte menor você ia chiar, não é?
Portanto você sabe onde é a metade, oras!

© Fabio Vicente - 2008

Repita a mesma divisão na parte inferior, sem olhar para a medida de cima, sem medir, dobrar... ah, você sabe!Coloque seu estojo ou a borracha na parte superior, cobrindo a marca, pra não te dar tentação de usar a mesma medida.


© Fabio Vicente - 2008

Passe uma linha, à mão livre entre essas medidas, sem ficar retocando ou apagando. Traço firme, que eu acho que já deve estar bem melhor que nos primeiros exercícios.


© Fabio Vicente - 2008

A altura da folha deve ser dividida em três partes iguais. Chute uma medida para 1/3. "E se eu errar?" Se errar, apaga, e chuta de novo, oras. Dica: aproxime a ponta do lápis, sem riscar, e observe (imagine) se a mesma medida cabe duas vezes (olha o chocolate denovo!) no espaço que sobrou. Marcou? Aí é só dividir o pedaço restante ao meio e conferir se ficaram três partes iguais.Repita a operação na outra extremidade do papel e risque as linhas.


© Fabio Vicente - 2008
Se você fez tudo direitinho a folha vai ficar assim:

© Fabio Vicente - 2008

Parênteses: por quê estou insistido tanto com o dois e com o meio, mesmo nessa medida de três partes? Porque nosso sistema cognitivo está habituado desde que o mundo é mundo a reconhecer os pares, a simetria. Nosso rosto é simétrico! Não é à toa que vemos rostos em tomadas e em automóveis...

Prosseguindo: em cada espaço faça uns seis segmentos de reta em tamanhos e posições variadas conforme aparece na figura abaixo.

© Fabio Vicente - 2008

A idéia é a seguinte: cada segmento deverá ser dividido em 2, 4, 3, 6, 5 e 15 partes iguais, em cada uma das divisões da folha, sem girar o papel, na posição em que se encontram. Assim, os segmentos contidos no espaço 1 serão, todos, dividos ao meio, sem rodar a folha nem fazer contorcionismo.

© Fabio Vicente - 2008

No segundo espaço dividimos ao meio, e cada metade restante... ao meio! Assim temos segmentos divididos em 4 partes.

© Fabio Vicente - 2008

No terceiro, dividiremos todos em 3 partes. Lembre: ache o terço, e antes de riscar olhe se cabem dois dele no espaço restante. Ainda que não saia, faça esse esforço e use esse pensamento. é a lógica de se achar o terço, sem régua ou cálculos.

© Fabio Vicente - 2008

No quarto espaço, a divisão é em seis partes. Você pode dividir o todo ao meio e cada metade em três ou o todo em três e cada parte ao meio. Tanto faz. Só não tente achar a sexta parte isolada das outras que vai ser muito difícil de acertar e foge ao propósito da atividade.

© Fabio Vicente - 2008

No quinto, ache o quinto. Uma das divisões mais complicadas. Mas há um macete: chute a medida de 1/5 ao meio (chocolate... simetria...). Mas como vou saber se tem realmente 1/5? Verifique se no espaço que sobrou nos cantos cabem duas partes iguais a esta central à direita e duas à esquerda (Chocolate! Simetria!). Deu errado? Apague e comece da divisão de 1/5 localizada ao meio.

© Fabio Vicente - 2008

No sexto espaço vamos chutar o pau da barraca: cada 1/5 será dividido em 3 partes. Então, divida em cinco partes e cada fração em 3 ou vice versa. Ninguém vai ser louco o suficiente pra encontrar 1/15 de uma vez só, isoladamente, né?

© Fabio Vicente - 2008

O resultado final fica meio feioso, mas o que vale é o treino dos olhos no transporte de medidas e nas divisões.

© Fabio Vicente - 2008

Inclua uma atividade DIÁRIA de divisão proporcional às suas sessões de aquecimento. Bons desenhos!


7 comentários:

Frusciante

Muito bom!

Fabio Vicente

Frusciante,

Parece um exercício besta, mas é a base pra qualquer sistema de construção, seja para desenho de observação, perspectiva ou anatomia. Dá uma preguiça danada na gente no início, mas a gente vai sentir a diferença nos exercícios mais avançados. O que me incomoda nos cursos de desenho em geral, é não atacar primeiro nas dificuldades de traçado e proporção visual, antes de sair ensinado fórmulas para construir as figuras.
Bom que você tenha gostado, sinal que a atividade realmente é útil.

Vinicius M. Rossi

Esse é complicado.

Denis

Olá professor!!!
Cheguei à esse site por indicação do meu prof de desenho, Darci Campiotti. Estou treinando os exercicios conforme vc indica e os achei muito interessantes.
Realmente úteis tb, já que tenho problema de traçado forte.
obrigado

Fabio Vicente

Vinícius M. Rossi,

Parece simples mas dá um trabalhinho... requer atenção e concentração. Vou ver se inclui em alguma videoaula,pra ver se fica mais fácil de entender...
Abraço!

Fabio Vicente

Fabio Vicente

Denis,

Insista nos exercício de traçado e em pouco tempo seu traço melhorará... Ah! E manda um abraço pro Darci!
Bons desenhos!

Fabio Vicente

Luri

Incrível! Muito obrigada, mesmo!

 
Arte Seqüencial, o blog ◄Design by Pocket, BlogBulk Blogger Templates