terça-feira, 23 de novembro de 2010

Desenhistas: Edmundo Rodrigues

terça-feira, 23 de novembro de 2010
Mestre Edmundo Rodrigues: nos anos 60 e nos dias de hoje.

Às vezes me pego lembrando de minhas primeiras experiências com os lápis, o traçado... tenho a impressão de que nasci com um lápis HB em punho. Mas fico imaginando se não tivesse tido orientações pra conduzir essa habilidade... Cursos, livros, muito desenho nas horas livres... Me lembro com carinho do primeiro livro de desenho que ensinava construções passo a passo que tive em mãos: "Como começar a desenhar" de Edmundo Rodrigues.
Me lembro que adorava esse livro e quantas vezes refiz os passos de cada construção! Foi nele que aprendi a necessidade do esboço para um melhor domínio da habilidade de desenhar. Também percebi a simplicidade dos traços e formas que podem construir qualquer coisa que sua imaginação possa criar.
Costumo falar que Mestre Edmundo Rodrigues foi meu primeiro professor de desenho, muito embora ele não me conheça e eu nunca o tenha conhecido pessoalmente.

Como Começar a Desenhar © Edmundo Rodrigues - 1963-65, publicado pela Tecnoprint/Ediouro


Me lembro que perdi este livro há muitos anos e só recentemente, coisa do ano passado, consegui adquirir um outro exemplar desta fantástica obra num sebo em São Paulo, uma vez que o título não está mais disponível na Ediouro.
Impressinante que na era dos scans, jamais alguém tenha pensado em gerar um arquivo PDF dessa jóia rara que, acredito, deveria ser ítem obrigatório para toda criança que queira realmente aprender a desenhar.


Como Começar a Desenhar © Edmundo Rodrigues - 1963-65, publicado pela Tecnoprint/Ediouro

Impressionante também, que um gênio como Edmundo Rodrigues, com uma obra tão vasta (confira sua biografia e material publicado nessa excelente postagem no site Gibindex) tenha tão pouca informação sobre ele na net.
Nasceu em 10 de Janeiro de 1935, no Estado do Pará onde permaneceu até os cinco anos quando foi para o Rio De Janeiro. Estudou em vários cursos de artes, até o conceituado curso de Comics da Escola Continental de Hollywood nos EUA. No Rio, estudou no Liceu de Belas Artes. Começou a publicar em 1947, aos 14 anos. Em 1967 muda-se para São Paulo e vai morar na Aclimação, trabalhando para várias editoras da cidade.
O artista hoje mora no Rio De Janeiro, no Bairro do Leme.
Trabalhou na revista Calafrio, escrevendo e desenhando histórias de terror.
Sua criação feminina mais famosa e conceituada é Irina, A Bruxa. Clássico dos quadrinhos de terror brasileiros, Irina foi publicada originalmente em 1967 pela editora Taika. Nos anos 80 a editora Bloch publicou Irina em cores.
Abaixo vemos Irina, de 1967, e duas outras criações suas: Carrasco, de 1968, e Máscara de Prata, de 1973, encontrados no blog HQQUADRINHOS (que faz um excelente trabalho de resgate dos super-heróis Made in Brazil).

Irina, a Bruxa © Edmundo Rodrigues - 1967, publicado em HQQUADRINHOS


Carrasco © Edmundo Rodrigues - 1968, publicado em HQQUADRINHOS


Máscara de Prata © Edmundo Rodrigues - 1973, publicado em HQQUADRINHOS


Além do "Como começar a desenhar", Mestre Edmundo publicou uma porção de livros para desenho e arte pela Ediouro, como "Como utilizar corretamente a perspectiva no desenho" e "Manual Ilustrado de Estilos Artísticos".

8 comentários:

Kenzo

Aeeee!! O Blog está de volta! Muito obrigado pelas aulas aprendi muito com elas.

Juliana Godin

Fábio, seu blog é perfeito! Virei fã do seu trabalho!
Parabéns!!!
: )
________________
http://extensaosaladeartes.blogspot.com/

Ze Ulisses

A sua homenagem ao artista Edmundo Rodrigues é emocionante. Também já tive meus momentos de saudosismo com uma professora de português e sei quanta importância eles tiveram para a nossa formação.

Um abraço.

Fabio Vicente

Kenzo,

Mais aulas em breve... aguarde!
Abraço!

Fabio Vicente

Fabio Vicente

Juliana,

Brigadão pela visita, entrei no seu blog e também é muito bacana.
Parabéns pra ti, também!

Fabio Vicente

Fabio Vicente

Zé Ulisses,

Pois é... sem essas referências a gente não seria nada.
Há que diz que ensina. E há quem ensina muito, sem perceber.
Minhas referências são do segundo tipo, sempre...
Abraço!

Fabio Vicente

Flavia Angelica

Ola Fábio, fiquei mto feliz em conhcecer melhor a história do Edmundo Rodrigues, já faz oito anos que trabalho ensinando desenho utilizando sua obra, e gostaria de conversar mais com vc sobre isso, estou prestes a enviar um trabalho para um colóquio sobre este assunto e gostaria de trocar uma idéia com vc,o mais breve possível, o que me diz? Um abço Flavia

Henry R. Kujawa

I have recently been discovering a growing number of amazing comics artists in Brazil who seem to be completely unknown in the U.S.-- something I'd like to correct.

I've just spent the last 10 straight months collecting, "restoring" and posting every EDGAR ALLAN POE comics adaptation I can find in one place. A growing number of these have been in other languages, which I've been taking the time to translate into English so more people can enjoy them.

One of the stories I'm trying to get ahold of is "A PIPA DO AMONTILLADO" by Edmundo Rodrigues, which appeared in TERROR ILUSTRADO #1 (O Livreiro / 1970). Is there anybody out there who could supply me with scans? (The bigger the better.)

http://professorhswaybackmachine.blogspot.com/2015/08/poe-1968-pt-3.html

 
Arte Seqüencial, o blog ◄Design by Pocket, BlogBulk Blogger Templates